Graduação - Engenharia de Pesca

Os cursos de graduação em Engenharia de Pesca têm por objetivo proporcionar aos estudantes uma formação técnico-científica para o desenvolvimento e aplicação de métodos e técnicas de localização, captura, beneficiamento e conservação de organismos aquáticos, assim como para projetar fazendas de cultivo de peixes, crustáceos e moluscos, e desenvolver e aplicar técnicas de engorda e reprodução em cativeiro.

A Resolução N° 5, de 02.02.06, da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação CES/CNE define as Diretrizes Curriculares para os cursos de Engenharia de Pesca e dá outras providências.

A criação de cursos de graduação da modalidade foi motivada pelo desenvolvimento crescente da indústria pesqueira no Brasil, particularmente a partir da segunda metade da década de 60, o que levou à necessidade de formação de um profissional capaz de produzir tecnologia apropriada para a exploração de recursos aquáticos. O curso de Engenharia de Pesca, da Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE (Recife/PE), que teve início em 1971 (neste caso, assim como nos demais, a referência é ao ano de ingresso da primeira turma), foi o precursor desta nova especialidade da Engenharia no país. Em 1972, teve início o curso da Universidade Federal do Ceará - UFC (Fortaleza/CE). Somente em 1989, quando a indústria pesqueira já enfrentava os primeiros reflexos da sobreexploração dos estoques marinhos tradicionais, foi criado o curso da Universidade Federal do Amazonas - UFAM (Manaus/AM). No entanto, ao contrário dos anteriores, este terceiro curso tinha como viés principal a exploração de recursos aquáticos continentais.

A entrada em vigor da Lei N° 9.394 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - LDB), de 20.12.1996, que garantiu às instituições reconhecidas como universidades e centros universitários autonomia para criar cursos de graduação, desencadeou um segundo ciclo de criação de cursos de Engenharia de Pesca no Brasil. Até então, todas as instituições tinham que solicitar autorização prévia ao Ministério da Educação - MEC. No entanto, ao contrário do que ocorreu em outras áreas de conhecimento, a nova realidade do ensino superior brasileiro não foi suficiente para mudar o quadro desalentador que tinha tomado conta do setor pesqueiro, com a extinção, no início da década de 90, da Superintendência de Desenvolvimento da Pesca - SUDEPE. Assim, mesmo havendo potencial para a criação de vários cursos da modalidade nas universidades brasileiras, especialmente nas instituições federais de ensino superior, somente três foram iniciados nesse período, mais especificamente na Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE (Toledo/PR), em 1997, na Universidade do Estado da Bahia - UNEB (Paulo Afonso/BA), em 1999, e na Universidade Federal Rural do Amazonas - UFRA (Belém/PA), em 2000. O desenvolvimento crescente da aquicultura no Brasil, a partir da segunda metade da década de 90, e a exploração de recursos aquáticos continentais estão na raiz da criação desses cursos.

A edição da Medida Provisória N° 103, de 01.01.2003 (depois transformada na Lei N° 10.683, de 28.05.2003), que criou a Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca, da Presidência da República - SEAP/PR (recentemente transformada em Ministério da Pesca e Aquicultura - MPA pela Lei N° 11.958, de 26.06.2009), trouxe um novo alento aos setores pesqueiro e acadêmico do país, que ainda permaneciam sob o impacto negativo da extinção da SUDEPE. Destinado a assessorar diretamente o Presidente da República na formulação de políticas e diretrizes para o fomento da produção pesqueira e aquícola, o novo órgão serviu de estímulo àqueles grupos em atuação em diferentes instituições de ensino, especialmente das regiões Norte e Nordeste do País, que tinham potencial para criar novos cursos de Engenharia de Pesca. As condições financeiras e de pessoal para transformar em realidade este potencial foram propiciadas pelo Programa Expandir, implementado a partir de 2005, pelo Governo Federal, com o objetivo de ampliar o acesso da população ao ensino superior, especialmente do interior do País. Assim, nada menos do que nove cursos de Engenharia de Pesca tiveram início no curto período compreendido entre 2005 e 2007, a saber: em 2005, na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB (Cruz das Almas/BA) e na Universidade Federal do Pará - UFPA (Bragança/PA); em 2006, na Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA (Mossoró/RN), na Universidade Federal do Piauí - UFPI (Parnaíba/PI), na Universidade Federal Rural de Pernambuco/Unidade Avançada de Serra Talhada - UFRPE/UAST (Serra Talhada/PE), na Universidade Federal de Alagoas (Penedo/AL) e também na Universidade do Estado do Maranhão - UEMA (São Luís/MA); e, por fim, em 2007, na Universidade Federal de Sergipe - UFS (São Cristóvão/SE) e na Universidade do Estado do Amapá - UEAP (Macapá/AP).

A decisão governamental de implantar o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI), ao contrário do ocorrido em outros domínios do conhecimento, não teve grandes repercussões na área de Engenharia de Pesca. Como a maior parte das instituições com potencial para tanto já tinham implantado cursos da modalidade com o apoio do Programa Expandir, até o presente somente a Universidade Federal de Rondônia - UNIR (Presidente Médici/RO) aproveitou as condições favoráveis do REUNI, iniciando o seu curso em 2009. É bem verdade, no entanto, que algumas instituições com cursos de Engenharia de Pesca já em andamento aproveitaram a oportunidade oferecida pelo REUNI e ampliaram suas vagas. 

Em 2010, a Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC deu início a um novo curso de Engenharia de Pesca, que tem por sede a cidade de Laguna, em Santa Catarina. Recentemente, em 2012, a Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP e o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espirito Santo - IFES criaram novos cursos da modalidade, o primeiro com sede na cidade de Registro, SP, e o segundo em Piúma, ES. Neste mesmo ano, a Universidade do Estado da Bahia - UNEB criou seu segundo curso, neste caso sediado na cidade de Xique-Xique, BA.

O surgimento de bacharelados interdisciplinares introduziu um novo viés na formação profissional no país, que passa a contemplar egressos com um perfil generalista, obtido a partir da integralização de um curso de duração reduzida, que não ultrapassa o lapso de três anos e meio. Nesta nova concepção de bacharelado, terminada a formação interdisciplinar, o egresso pode optar por ingressar em outro bacharelado, agora com duração de até dois anos, que irá aprofundar os conhecimentos em um dos temas contemplados na formação interdisciplinar.

Neste contexto, a Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP e a Universidade Federal do Oeste do Pará - UFOPA criaram, respectivamente, os bacharelados interdisciplinares em Ciências do Mar e em Ciência e Tecnologia das Águas, o primeiro com dois anos de formação e o segundo com três anos e meio. Entre as opções oferecidas pela UNIFESP para a continuidade da formação estão as modalidades de Ecologia Marinha, Engenharia de Pesca e Aquicultura e Oceanografia, todas pertencentes a área de Ciências do Mar. Já a UFOPA prevê a oferta de Engenharia de Pesca e Engenharia de Aquicultura, ambas incluídas nas Ciências do Mar. Não há, no âmbito do PPG-Mar, uma posição formada quanto ao enquadramento na área de Ciências do Mar dos bacharelados interdisciplinares já em atividade. Entretanto, é consenso que os bacharelados complementares já anunciados, quando couber, serão enquadrados neste domínio do conhecimento.

Os cursos de Engenharia de Pesca estão presentes em 14 dos 17 estados costeiros brasileiros (SC, PR, SP, ES, BA, SE, AL, PE, RN, CE, PI, MA, PA e AP) e em 2 não costeiros (AM e RO), com elevada concentração nas regiões Norte e Nordeste. No entanto, embora localizados em estados costeiros, alguns cursos não estão situados em municípios costeiros, conforme definido pelo Plano Nacional de Gerenciamento Costeiro - PNGC (Lei N° 7.661, de 16.05.1988). Assim, é possível agrupar os cursos de Engenharia de Pesca em dois conjuntos, sendo um com identidade mais associada à exploração de recursos aquáticos marinhos (UFRPE, UFC, UFRA, UFPA, UFAL, UFERSA, UFPI, UFS, UEMA, UEAP, UDESC e IFES) e outro, a recursos aquáticos continentais (UFAM, UNIOESTE, UNEB/Paulo Afonso e Xique-Xique, UFRB, UFRPE/UAST, UNIR e UNESP). A formação em tecnologia de pesca e cultivo de organismos aquáticos (continentais e oceânicos), entretanto, são comuns a todos os cursos.

  

Egressos por curso de graduação em Engenharia de Pesca no período 1974-2012.

 

Em conjunto, os cursos da modalidade graduaram 3.687 Engenheiros de Pesca até 2012, sendo 34,7% destes profissionais oriundos do curso da Universidade Federal do Ceará - UFC e 31,3% da Universidade Federal Rural de Pernambuco – UFRPE. Os cursos da UNIR, UDESC, UNESP, UNEB/Xique-Xique e IFES, recentemente criados, ainda não graduaram nenhum profissional.

 
Nota: Autoria de Krug, L.C. (FURG) e Sales, L.T. (UFAL). (revisto e atualizado em dezembro de 2013)

   

 

Engenharia de Pesca (UFRPE/Recife)

Instituição: Universidade Federal Rural de Pernambuco

Coordenador: Prof. Dr. Paulo Guilherme Vasconcelos de Oliveira

Endereço: Rua D. Manuel de Medeiros, s/n - CEP: 52.171-030 - Recife (PE)

Telefone: (81) 3320-6503; (81) 3320-6510

E-mail: coordenação@ep.ufrpe.br

Site: http://www.ep.ufrpe.br/

Engenharia de Pesca (UFC)

Instituição: Universidade Federal do Ceará - UFC

Coordenador: Prof. MSc. Reynaldo Amorim Marinho

Endereço: Av. Mister Hull, s/n - Bairro Antônio Bezerra - Campus Universitário do PICI - Bloco 827 - CEP: 60356-000

Telefone: (85) 3366-9724

E-mail: grpesca@ufc.br

Site: http://www.engenhariadepesca.ufc.br/

Engenharia de Pesca (UFAM)

Instituição: Universidade Federal do Amazonas - UFAM

Coordenador: Profa. Dra. Sanny Maria de Andrade Porto

Endereço: Av. Gen. Rodrigo Octávio Jordão Ramos, 3000 - Campus Universitário - CEP: 66.077-000 - Manaus (AM)

Telefone: (92) 3305-4054

E-mail: ccpesca@ufam.edu.br

Site: http://www.fca.ufam.edu.br/index.php/ensino/graduacao/engenharia-de-pesca

Engenharia de Pesca (UNIOESTE)

Instituição: Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE

Coordenador: Prof. Dr. Altevir Signor

Endereço: Rua da Faculdade, 645 - Campus de Toledo - CEP: 85.903-000 - Toledo (PR)

Telefone: (45) 3379-7126

E-mail: coordpesca@hotmail.com

Site: http://www.unioeste.br/cursos/toledo/engpesca/

Engenharia de Pesca (UNEB/Paulo Afonso)

Instituição: Universidade do Estado da Bahia - UNEB

Coordenador: Profa. Dra. Fatima Lucia de Brito dos Santos

Endereço: Rua da Gangorra, 503 - Campus de Paulo Afonso - CEP: 44380-000 - Paulo Afonso (BA)

Telefone: (75) 3281-6585

E-mail: engenhariadepescauneb@yahoo.com.br

Site: http://www.uneb.br/paulo-afonso/dedc/engenharia-de-pesca/

Engenharia de Pesca (UFRA)

Instituição: Universidade Federal Rural da Amazônia - UFRA

Coordenador: Profa. Dra. Kátia Cristina de Araújo Silvas

Endereço: Av. Presidente Tancredo Neves, s/n - CEP: 66.077-530 - Belém (PA)

Telefone: (91) 3210-5231

E-mail: ccep@ufra.edu.br

Site: https://portal.ufra.edu.br/index.php?option=com_content&view;=article&id;=32&Itemid;=576

Engenharia de Pesca (UFRB)

Instituição: Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB

Coordenador: Prof. Dr. Clovis Matheus Pereira

Endereço: Rua Rui Barbosa, 710 - Bampus Universitário - Caixa Postal 103 - CEP: 44380-000 - Cruz das Almas (BA)

Telefone: (75) 3621-1558

E-mail: clovis@ufrb.edu.br

Site: http://www.ufrb.edu.br/engenhariadepesca

Engenharia de Pesca (UFPA)

Instituição: Universidade Federal do Pará - UFPA

Coordenador: Prof. Dr. Marcos Ferreira Brabo

Endereço: Rua Leandro Ribeiro, s/n - CEP: 68.370-000 - Bragança (PA)

Telefone: (91) 3425-1209

E-mail: engpesca_braga@ufpa.br

Site: http://www.ufpa.br/iecos

Engenharia de Pesca (UFAL)

Instituição: Universidade Federal de Alagoas

Coordenador: Prof. Dr. Igor da Mata Ribeiro Pimentel de Oliveira

Endereço: Av. Beira Rio, s/n - Centro Histórico - CEP: 57.200-000 - Penedo (AL)

Telefone: (82) 3551-2784; (82) 3551-3292

E-mail: coordenapescaufal@gmail.com

Site: http://www.ufal.edu.br/arapiraca/graduacao/engenharia-de-pesca

Engenharia de Pesca (UFERSA)

Instituição: Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA

Coordenador: Prof. Dr. Humberto Gomes Hazin

Endereço: Br. 110, km 47, s/n - Bairro Presidente Costa e Silva - CEP: 59.625-900 - Mossoró (RN)

Telefone: (84) 3317-8369

E-mail: engpesca@ufersa.edu.br

Site: https://engpesca.ufersa.edu.br/

Engenharia de Pesca (UFPI)

Instituição: Universidade Federal do Piauí - UFPI

Coordenador: Prof. Dr. Hamilton Gondim de Alencar Araripe

Endereço: Av. São Sebastião, 2819 - CEP: 64.202-020 - Parnaíba, PI

Telefone: (86) 33235433

E-mail: coordpesca@ufpi.br

Site: https://sigaa.ufpi.br/sigaa/public/curso/portal.jsf?id=74090&lc;=pt_BR/

Engenharia de Pesca (UEMA)

Instituição: Universidade Estadual do Maranhão - UEMA

Coordenador: Prof. Dr. Ícaro Gomes Antonio

Endereço: Cidade Universitária Paulo VI, s/n - Bairro Tirirical - CEP: 65.055-970 - São Luis (MA)

Telefone: (98) 3244-5249

E-mail: reitoria@uema.br

Site: http://www.uema.br/

Engenharia de Pesca (UFRPE/Serra Talhada)

Instituição: Universidade Federal Rural de Pernambuco - UFRPE/UAST

Coordenador: Prof. Dr. Mauricio Nogueira da Cruz Pessôa

Endereço: Fazenda Saco, s/n - Caixa Postal 063 - CEP: 56.900-000 - Serra Talhada (PE)

Telefone: (087) 3929-3003

E-mail: coordenacao.ep.uast@ufrpe.br

Site: http://ww4.ufrpe.br/uast/newsite/index.php?option=com_content&view;=article&id;=11&Itemid;=2

Engenharia de Pesca (UFS)

Instituição: Universidade Federal de Sergipe - UFS

Coordenador: Prof. Dr. Roberto Schwarz Junior

Endereço: Avenida Marechal Rondon, s/n - Jardim Rosa Elze - CEP: 49.100-000 - São Cristóvão (SE)

Telefone: (79) 2105-6980

E-mail: eng.pesca@ufs.br

Site: http://www.ufs.br

Engenharia de Pesca (UEAP)

Instituição: Universidade do Estado do Amapá - UEAP

Coordenador: Profa. MSc. Ana Beatriz Nunes Ribeiro

Endereço: Av. Presidente Vargas, 650 - Centro - CEP: 68.906-970 - Macapa (AP)

Telefone: (96) 2101-0514

E-mail: coord.eng.pesca@ueap.edu.br

Site: http://www.ueap.ap.gov.br/index.php/eng_pesca_noticias.html

Engenharia de Pesca (UFOPA)

Instituição: Universidade Federal do Oeste de Pará (UFOPA)

Coordenador: Prof. Dr. Charles Hanry Faria Júnior

Endereço: Rua Vera Paz, s/n (Unidade Tapajós) Bairro Salé CEP 68035-110 - Santarém, Pará, Brasil

Telefone: (93) 21016526

E-mail: charleshanry@yahoo.com.br

Site: http://www.ufopa.edu.br/academico/graduacao/cursos/icta/engenharia-de-pesca

Engenharia de Pesca (UDESC)

Instituição: Universidade do Estado de Santa catarina - UDESC

Coordenador: Profa. MSc. Patricia Becker

Endereço: Centro de Educação Superior da Região Sul – CERES – Rua Cel. Fernandes Martins, 270 – Progresso – 88790-000 – Laguna – SC

Telefone: (48) 3647 4190; (48) 3644-1905

E-mail: pesca.ceres@udesc.br

Site: http://www.ceres.udesc.br/?id=124

Engenharia de Pesca (IFES)

Instituição: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espirito Santo - IFES

Coordenador: Prof. MSc. Juarez Coelho Barroso

Endereço: Rua Augusto Costa de Oliveira, 660 - Praia Doce - Piúma-ES - CEP: 29285-000

Telefone: (28) 3520-3205

E-mail: cep.pi@ifes.edu.br

Site: http://www.pi.ifes.edu.br/index.php?option=com_content&view;=category&layout;=blog&id;=47&Itemid;=91

Engenharia de Pesca (UNEB/Xique-Xique)

Instituição: Universidade do Estado da Bahia - UNEB

Coordenador: Prof. Dr. César Antunes Rocha Nunes

Endereço: Rua João Guimarães - São Francisco - 47400000 - Xique-Xique, BA - Brasil

Telefone: (75) 92143714

E-mail: cesar@zootecnista.com.br

Site: http://www.uneb.br/xique-xique/dcht/graduacao/eng-pesca/

Engenharia de Pesca (UNESP)

Instituição: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)

Coordenador: Prof. Dr. Érico Rodrigues

Endereço: Av. Nelson Brihi Badur, 430. Bairro: Vila Tupy. 11.900-000 - Registro, SP

Telefone: (13) 3828-2900 Telefone Coordenador: (13) 3828-2929

E-mail: erzootec@registro.unesp.br

Site: http://www.registro.unesp.br/#!/graduacao/engenharia-de-pesca/

Engenharia de Pesca (UNIR)

Instituição: Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR)

Coordenador: Prof. MSc. Paulo de Tarso Fonseca de Albuquerque

Endereço: Rua da Paz, 4376 - CEP: 68906-970 – Presidente Médici - Rondônia (RO)

Telefone: (69) 3471-2350

E-mail: depamedici@unir.br

Site: http://www.engenhariadepesca.unir.br/?pag=principal